WhatsApp: (31) 9 8384-7003 | Telefone: 0800-001-4321

WhatsApp: (31) 9 8384-7003

Telefone: 0800-001-4321

    Redes Sociais

Informativos

A Disfunção erétil atinge mais de 40% dos homens

Por Rodrigo Hassen em 15/05/2018

Entre 40 e 46% dos homens sofrem com disfunção erétil

A disfunção erétil é um assunto que poucos homens querem discutir e, com isso, o número dos que procuram ajuda profissional é sempre baixo, pois muitos temem em assumir que existe um problema. Mas o que muitos deles não sabem é que eles não estão sozinhos.

Em pesquisa realizada pelo Projeto de Sexualidade (ProSex) da USP, foi revelado que cerca de 40 a 46% dos brasileiros sofrem com problemas de disfunção erétil. A pesquisa entrevistou 10 mil homens em 19 cidades do estado de São Paulo. Foi divulgado através dela que os maiores temores do homem brasileiro são: a falta de ereção, perda de libido, adoecer e também a queda do poder aquisitivo. Percebemos através dos resultados que ter uma vida sexual saudável é algo de extrema importância para o homem.

No entanto, o que estes homens mais temem pode ocorrer, pois o número de brasileiros que sofrem com disfunção erétil entre 40 e 70 anos é muito alto, ou seja, grande parte da população masculina encontra dificuldade em ter ou manter uma ereção para ter relações sexuais satisfatórias, além disso a pesquisa ainda revelou que 100 em cada mil homens não conseguem obter nenhuma ereção.

O que contribui para a piora do quadro

O que contribui para a piora desse quadro é o preconceito que muitos têm para procurar ajuda médica, mas o que estes não imaginam é que quanto antes o tratamento ocorrer, mais tranquilo será realizar o tratamento e, melhores serão os resultados. Além do mais, a disfunção erétil pode ser sinal de que existe algum problema circulatório ocorrendo com o homem e por isso, é necessário fazer a avaliação médica imediatamente.

A disfunção erétil pode ser causada por diversos fatores tanto físicos quanto psicológicos e os seus principais sintomas são: dificuldade em obter ou manter uma ereção por tempo suficiente para uma relação sexual, redução dos tamanho do órgão sexual, ereção menos rígida, redução do número de ereções espontâneas ao acordar, entre outros.

Este é um problema que tem tratamento e cura, você não precisa mais sofrer com a disfunção erétil. Realize agora mesmo em nosso site a sua avaliação médica gratuita e vamos entrar em contato com você para te ajudar.

Leia também: “Como diminuir a incidência da ejaculação precoce?

5 Comentários

  1. marcos a moreira disse:

    estou com 56 anos tenho diabetes controlada com remédios,tinha ereções normais até uns 6 meses atras,dos tempos pra cá estou com o libido baixo,tomo banho com a esposa com coisa que ela fosse minha irmã.estou preocupado pois só andava taradão

  2. American Medical Group disse:

    Olá Marcos, entre em contato conosco pelo 08000014321 podemos te ajudar.

  3. Vítor Guimarães Viana do nascimento disse:

    Tenho 18 anos e tipo quando estou com o pênis ereto e eu tirar uma depois ele fica meio mole e demora a voltar ao normal não sei oq e isto q está acontecendo e acho muito estranho ter 18 anos e ter um pênis de 14 cm só as vezes fico até com vergonha disso . Como podem me ajudar ?

  4. Sayure Santos disse:

    Fiquei Apaixonada pelo seu post, Vou acompanhar seu Blog que é Top. Esse tipo de conteudo tem me agregado muito conhecimento. Grata!

Deixe o seu comentário!