WhatsApp: (31) 9 8384-7003 | Telefone: 0800-001-4321

WhatsApp: (31) 9 8384-7003

Telefone: 0800-001-4321

    Redes Sociais

Informativos

A disfunção erétil e o consumo do cigarro

Por Rodrigo Hassen em 27/04/2018

Existem diversos fatores que contribuem para a manifestação da disfunção erétil – problema que ocorre quando o homem não consegue manter uma ereção durante a relação. Entes fatores podem ser emocionais como estresse, baixa autoestima, ansiedade, mas eles também podem ter relação com uso exagerado de algumas substâncias como álcool e nicotina. Aliás, muitos não sabem, mas o tabagismo é uma das principais causas da disfunção erétil.

A relação entre a disfunção erétil e o uso de cigarro

A relação entre a disfunção erétil e o uso de cigarro já foi comprovada através de estudos que revelaram que quanto maior a quantidade de cigarros a pessoa consome, maior a possibilidade de desenvolver disfunção erétil.

Isso ocorre porque a nicotina é responsável por estimular os hormônios cerebrais que contraem os tecidos penianos. Essas contrações fazem com que o sangue das artérias não fluam ficando concentrado na região peniana causando vasoespamos, que fazem com que as ereções sejam curtas e insuficientes para a penetração.

Normalmente em fumantes, a tensão arterial peniana é mais baixa por causa do endurecimento das artérias. Isso interfere na circulação do sangue e afeta a vida sexual, pois o sangue é impedido de chegar ao pênis.

O uso recorrente do cigarro pode entupir as artérias e modificar o fluxo sanguíneo, causando problemas na circulação impendendo que o sangue chegue à região peniana, o que prejudica a ereção e até mesmo provocar impotência sexual. Entre outros problemas sexuais o cigarro também pode causar a impossibilidade de ter filhos. Mas é importante lembrar que infertilidade e disfunção erétil são problemas distintos. O que pode ocorrer é que a produção de espermatozoides seja afetada.

Infelizmente muitos acreditam que o cigarro causa apenas problemas pulmonar, no entanto, o cigarro causa danos em praticamente todos os órgão do corpo. Por isso, se você mantém o vicio do cigarro, abandone hoje mesmo, e assim a sua vida sexual não será prejudicada.

Leia também: “A relação entre impotência sexual e o ciclismo

2 Comentários

  1. Wender José Maria de Oliveira disse:

    15 por cento de desconto

Deixe o seu comentário!