WhatsApp: (31) 9 8384-7003 | Telefone: 0800-001-4321

WhatsApp: (31) 9 8384-7003

Telefone: 0800-001-4321

    Redes Sociais

Informativos

Disfunção erétil: formas naturais de combater

Por Rodrigo Hassen em 27/04/2018

A disfunção erétil

A disfunção erétil  segundo dados do Ministério da Saúde é um problema que afeta aproximadamente 25% dos homens em todo o mundo. Conforme já falamos anteriormente em outro post (clique aqui), ela pode estar relacionada tanto a fatores psicológicos quanto a problemas físicos. Mas existem algumas rotinas que você pode adotar que ajudam a evitar o problema de forma natural.

Infelizmente muitos homens não gostam de falar sobre o assunto, e assim, a ejaculação precoce tornou-se um tabu. No entanto, existem vários tratamentos que ajudam a combatê-la e por isso, não precisamos ter medo de discutir o assunto.

Quando a disfunção erétil está relacionada a problemas biológicos, é extremamente importante procurar um especialista e seguir o tratamento indicado por ele. No entanto, quando o problema está relacionado a fatores psicológicos, existem algumas técnicas que você pode seguir, entre elas se encontram:

  • Pratique os exercícios de Kegel.

Os exercícios de Kegel normalmente são recomendados para mulheres, no entanto, eles também podem auxiliar os homens através da contração do músculo pubococcígeo. Estes exercícios podem ser realizados em qualquer posição, podendo ser sentado, deitado ou de pé, e pode-se também utilizar bolas de ginástica para auxiliar.

  • Pratique atividades físicas e faça alongamentos

Diminuir a tensão muscular e a ansiedade é extremamente importante para o desempenho sexual, e duas excelentes formas de fazer isso é praticar atividades físicas e fazer alongamentos. Além de ajudar a diminuir a tensão, a atividade física ajuda a melhorar a circulação sanguínea contribuindo de forma positiva para o momento da relação sexual.

  • Masturbe-se antes do ato sexual

A masturbação ajuda a controlar a ejaculação precoce, mas é importante fazê-la com limites. Masturbe-se apenas até um pouco antes de atingir ao orgasmo, quando estiver chegando ao ápice, deve-se parar.

  • Escolha posições sexuais mais relaxantes

Para quem sofre com a ejaculação precoce é importante escolher uma posição que não mantenha o corpo enrijecido e não faça muito uso dos músculos durante a relação sexual. Uma opção é não escolher a tradicional posição sexual “papai-mamãe”, e deixar a parceira em cima, permanecer de lado, ou em formas mais confortáveis.

Caso essas opções não tragam o efeito desejado, é imprescindível procurar um especialista para o acompanhamento adequado. Ressaltamos ainda que é importante manter-se atento, pois em pacientes que a disfunção erétil ocorre por fatores biológicos, apenas o tratamento médico pode auxiliar de forma eficaz.

2 Comentários

  1. WELTON RODRIGUES SILVA disse:

    FAVOR INFORMAR PREÇO DE CONSULTA, FORMA DE PAGTO E LOCAL DE ATENDIMENTO A CONSULTAS.
    OBRIGADO.

Deixe o seu comentário!